Hospital São Roque leva exposição ‘Pulmão Gigante’ à Multifeira de Carlos Barbosa

Vida

Vida
standard image post

O Hospital São Roque estará participando da Multifeira da ACI em Carlos Barbosa, mostrando ao público a campanha ‘Juntos contra o Câncer’. A grande atração será a exposição do Pulmão Gigante, onde os visitantes poderão visualizar um lóbulo do pulmão sadio e o outro doente e se conscientizar sobre a importância de não fumar ou tomar a decisão de parar de fumar.

O Circuito do Pulmão Gigante faz parte de projetos do ITPS, e nestes projetos são disponibilizados exames gratuitos de detecção e rastreamento de câncer de pulmãoNo local estarão presentes as equipes do Hospital São Roque, que farão uma sensibilização ao público quanto ao Setembro Amarelo, mês voltado à prevenção do suicídio. Todos serão convidados a participar da palestra ‘Sinal Amarelo para a Vida – Falando sobre Suicídio’, agendada para o dia 14 de setembro, 16h, na Feira Bem-Estar. O encontro integra a programação da Multifeira e será conduzido pelo Psiquiatra Roberto Nichetti. Antes porém, acontece no mesmo dia, a partir das 13h30min, a palestra sobre ‘Cuidados com o Idoso’, ministrada pelo educador físico Tiago Bacon e pelo Fisioterapeuta, João Marcos Dall’Onder.

A Multifeira da ACI acontecerá nos dois primeiros finais de semana de setembro, no Parque de Eventos Guido Pasqual Sganderlla.

 

Câncer de Pulmão

- Terceira maior incidência em homens e a 5ª maior em mulheres.

- 9 em cada 10 pacientes apresentam estágio avançado da doença ao diagnóstico e são fumantes.


Sobre o tabagismo:

- Oito em cada 10 fumantes iniciaram o hábito antes dos 18 anos.

- O tabagismo passivo é considerado um risco para doenças.

- Terapias para parar de fumar tem se demonstrado efetivas.

- O risco de doença reduz com o passar dos anos após parar de fumar.


Benefícios da cessação do tabagismo

- Um ano após parar de fumar, o risco de infarto e de acidente vascular cerebral reduz em 50% e se normaliza ao de não fumantes entre dois a cinco anos. 

- O risco de câncer de pulmão reduz em 50% em 10 anos em comparação com alguém que ainda fuma.

- Após 15 anos sem fumar o organismo se recuperou, ficando livre das 4.700 substâncias tóxicas advindas do cigarro.

 

Bento Gonçalves, 02de setembro de 2019

Assessoria de Comunicação do Tacchini Sistema de Saúde

Régis Beretta Genehr - Jornalista – MTb 9380

54 3455-4333 – r. 1258