Pesquisa da CDL-BG aponta expectativa de vendas 8% maiores no Dia das Crianças

Negócios

Negócios
standard image post

Data celebrada em 12 de outubro é esperada com otimismo pelo comércio bento-gonçalvense em 2019

 

A data vem acompanhada de muita expectativa pelo comércio: o Dia das Crianças é o terceiro maior indutor de vendas, atrás apenas dos festejos natalinos e do Dia das Mães. Esse otimismo aparece de forma clara nos números: o varejo de Bento Gonçalves projeta crescimento médio de 8% nos negócios em 2019, no comparativo com o mesmo período do ano passado. O dado é resultado de um levantamento feito pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-BG) junto aos associados da entidade. 

A projeção positiva tem motivado muitos lojistas a capricharem nos preparativos para a data. A Girasole, de Bento Gonçalves, está investindo em produtos com preços em conta, sem abrir mão da qualidade das peças. “Percebemos que esse é um movimento do mercado, uma exigência dos clientes, bem como a busca por facilidades na hora da compra”, comenta a gerente, Ana Paula Pavoni. Por isso, a loja trabalha com condições especiais em aquisições à vista, parcelamentos e descontos em peças como tênis, enxovais e kits para berço. Para a empresa, o Dia das Crianças é a data que puxa a maior alta em vendas do ano, tornando outubro o mês mais rentável. 

A premissa de fomentar o movimento com promoções também é a aposta da Jussara Presentes. A loja estima 30% de aumento na comercialização dos itens infantis que compõem o mix. “Acredito que a troca de estação auxilia bastante na procura por peças de roupas para crianças nessa época do ano. Isso é intensificado, logicamente, pelas condições diferenciadas que promovemos para a data”, destaca a proprietária, Claudete Jussara de Paula Pegoraro. 

O momento é considerado uma excelente oportunidade para que o comércio local consolide bons índices de vendas – como pontua o presidente da CDL-BG, Marcos Carbone. “Apresentar variedades de produtos e suas formas de negociações, sempre buscando identificar, entender e atender corretamente as necessidades do cliente, se torna muito importante para que os lojistas possam aproveitar a ocasião e, assim, obter resultados satisfatórios”, considera.  Também é importante que o comércio fique atento às liberações de crédito, buscando informações sobre os clientes antes de fazer as concessões, protegendo-se dos casos de inadimplência – para tal, a CDL assume o compromisso de oferecer os serviços do SPC Brasil com exclusividade no município.