Esportivo renova com jogadores que conquistaram o acesso em 2019

Estilo

Estilo
standard image post

Seis atletas remanescentes estão confirmados para o Gauchão 2020: os zagueiros Cleiton da Silva e Gullithi, os laterais Vinicius Bovi e Xaro e os meio-campistas Robert Ribeiro e Diogo Barcellos

 

Em time que está ganhando não se mexe – apenas se reforça. Com isso em mente, o Clube Esportivo manterá parte da base vitoriosa que conquistou o acesso à elite do futebol gaúcho nesta temporada para o Gauchão 2020. Além do goleiro Jonatas Cunegatto, já confirmado no anúncio da primeira série de contratações para o ano que vem, outros seis atletas já estão com contrato renovado para a disputa da primeira divisão. 

Desses, o clube optou pela manutenção do quarteto defensivo titular na maior parte da Divisão de Acesso 2019. A começar pelos zagueiros Cleiton da Silva, de 38 anos, e Rudigullithi da Silva Henrique, 26, conhecido como Gullithi. A dupla formou uma das defesas mais sólidas da segundona gaúcha e, colecionando passagens por clubes de expressão estadual e nacional, chancelam a continuidade do trabalho por mais uma temporada. 

Completando o setor, dois laterais fundamentais na campanha do acesso. Na direita, Vinicius Bueno Bovi renovou com o alviazul após boa campanha realizada no clube. Aos 37 anos, Bovi acumula passagens por diversas equipes na carreira, como XI de Piracicaba, Mogi Mirim, Avaí, Rio Claro e Veranópolis. Já no lado esquerdo, outra figura carimbada e com grande identificação com a torcida alviazul vestirá o manto azul e branco no próximo ano: Everton Cordova Correa, popularmente conhecido como Xaro. 

O atleta de 32 anos disputa a Copa Seu Verardi pelo Santo Ângelo no segundo semestre, mas já projeta o reencontro com a torcida alviazul na série A. “Fizemos um ano muito bom na Divisão de Acesso, por isso a continuidade do trabalho vem como consequência positiva para somar a favor do clube. Temos condições de fazer uma excelente série A, mas tendo em mente que é uma competição que exige grande concentração por ter menos jogos e alto grau de competitividade”, considera o jogador que disputou 15 partidas oficiais com a camisa do Esportivo em 2019. 

 

Manutenção no meio de campo

Outro setor com ‘reforço caseiro’ é o meio-campo. O volante Robert Willian Ribeiro, de 27 anos, vai para a terceira temporada seguida no elenco alviazul e carrega na bagagem experiências internacionais em times italianos, albaneses e indianos. Foram 18 partidas disputadas no Acesso. Já o meia Diogo de Lima Barcellos, de 34, teve sua formação no Internacional e rodou por diversos clubes do país – com destaque para o Ipatinga, Bragantino, Sport, Aimoré e Caxias, além de acumular passagem pelo Guangzhou Evergrande, da China. No total, foram 10 jogos em campo na atual temporada. 

Os atletas se juntam aos goleiros Renan Brito, ex-Internacional, e Jonatas Cunegatto, aos laterais Igor Dias e Rômulo da Silva e ao atacante Marcão – já confirmados como reforços para o Gauchão 2020. A pré-temporada alviazul deve iniciar em novembro sob o comando do técnico Carlos Moraes, com vistas à competição estadual que começa em janeiro. 


O volante Robert Ribeiro - Crédito Exata Comunicação


O zagueiro Cleiton da Silva - Crédito Exata Comunicação


O zagueiro Gullithi - Crédito Exata Comunicação


O lateral-direito Vinícius Bovi - Crédito Exata Comunicação


O lateral-esquerdo Xaro - Crédito Exata Comunicação