Com perfil prático, Capoani prospecta ações para o CIC-BG

Negócios

Negócios
standard image post

Um planejamento estratégico, visionário e inovador dará o rumo às ações do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves para o biênio 2020/2021, conduzido por Rogério Capoani, empresário do ramo imobiliário. O novo presidente prospecta uma gestão de cunho executor, baseada no diálogo, no relacionamento e no colaborativo.  


Em seu planejamento, Capoani revela que o olhar para a entidade, como um todo, é fundamental para resultados positivos, sejam eles em dois anos ou no legado que pretende deixar para as próximas gestões. “As ações precisam partir do núcleo interno do CIC/BG, com foco nos produtos que nos representam, nas causas e bandeiras que apoiamos e com essa base, prospectar individualmente cada situação. Sabemos que o trabalho será longo e intenso em um primeiro momento, mas irá refletir ali na frente de maneira muito positiva”, enfatiza. 

Imprimindo sua marca à gestão, quer levar adiante aquilo que de positivo foi construído no decorrer dos anos, mas se desafiando a implementar novas ideias, pensando no futuro. “A proposta é dar continuidade ao trabalho, mas com renovação do método executor. Senti muito latente a necessidade de fortalecer o núcleo interno, e já estamos tomando providências nesse sentido. Também pretendo dar a continuidade ao forte trabalho de representatividade que a entidade desempenha em diversas esferas”, declara. 

O start da nova estratégia ocorreu ainda na escolha da diretoria, em que havia um plano macro desenvolvido pelo presidente. A composição do time passou por critérios como análise de perfil, baseando-se na atuação profissional e afinidade com os assuntos defendidos pela entidade. A partir disso foi avaliado como cada escolhido poderia atuar de forma colaborativa. “Os perfis deveriam se enquadrar dentro das ações que imaginávamos naquele momento, para que as pessoas tivessem afinidade com os assuntos, gostassem de atuar neles e, com isso, a gente pudesse vir a alcançar feitos consideráveis como entidade”, relata Capoani. 

Um organograma bem estruturado faz parte do plano estratégico de atuação da nova equipe. O funcionamento será feito em comissões, subdivididas em editorias. Os principais temas que norteiam elas são Industrial e Turismo (outras ainda serão criadas). Dentro dessas editorias, questões estruturais e visão interna de ações e planejamento serão executadas. “Por que criar comissões? Primeiro nós tínhamos material humano pra isso, são 34 pessoas entre a nominata oficial e componentes da diretoria da Expobento e Fenavinho 2020. Segundo o trabalho é intenso. A comissão, após montada, terá autonomia para fazer suas estratégias, eu darei um norte do que eu penso, mas as ações serão deles, eles serão os profissionais específicos da área em que estão atuando”, reitera Capoani. 

Para ele, ser voluntário em uma entidade provoca a reflexão sobre como agregar valor no processo. A entidade conta com funções bem definidas em termos de pessoas, um programa bem desenvolvido com um software de alta tecnologia e um relatório de gestão será elaborado ao longo do biênio para auxiliar na condução dos próximos presidentes. “Quando se aceita os desafios que nos são impostos, crescemos pessoalmente. E a gente, se fortalecendo, acaba atuando mais fácil nas nossas empresas. E essa atuação traz benefícios maiores do que tínhamos antes. Isso eu aprendi no conceito da entidade, na forma de relacionamento e de agregar valor à minha colaboração”, define Capoani. 

A busca por aproximação com entidades regionais faz parte do relacionamento proposto pelo presidente para estreitar laços e somar forças, visando o crescimento favorável para toda a região. “Contribuir um com o outro é fundamental, trocar ideias e experiências, formar parcerias, acho que só promove o crescimento e expande as ações do CIC pensando em região”, destaca.

Rogério Capoani, empossado em dezembro, já havia assumido cargos como Diretor de Eventos da Expobento, na edição de 2018, e Diretor Geral da Expobento em 2019, bem como Primeiro-Vice de Serviço de Elton Gialdi na gestão 2018/2019.


Diretoria 2020/2021 Do Cic-Bg


Presidente: Rogério Capoani

1º Vice Para Assuntos Da Indústria: 

Francisco Bertolini

2º Vice Para Assuntos Da Indústria: 

Bruno Benini

1º Vice-Presidente Para Assuntos 

De Comércio: Marejane Paese

2º Vice-Presidente Para Assuntos 

De Comércio: Tiago Casagrande

1° Vice-Presidente Assuntos De Prestação 

De Serviços: Gilberto Durante

2° Vice-Presidente Para Assuntos De Prestação De Serviços: Adriano Miolo

1ª Diretora Secretária: Natália Milan

2º Diretor Secretário: Leocir Glowacki

1º Diretor Tesoureiro: William Rizzi

2º Diretor Tesoureiro: 

Roberto Camargo Meggiolaro Júnior

Diretor De Área Da Construção Civil: 

Adriano De Bacco

Diretor De Gestão E Inovação: Vinícius Piva

Diretora De Área De Relacionamento Vitivinícola: Eduardo Valduga

Diretor De Área De Turismo, Gastronomia 

E Cultura: Rodrigo Valério

Diretora Da Área De Comunicação 

E Marketing: Jana Brun Nalin

Diretores Da Área De Infraestrutura, Urbanismo E Logística: Gabriel Schuartz; Luciano Bertuol 

E Giancarlo Ravanello

Diretora Da Área De Pequenas Empresas: 

Bruna Cristófoli

Diretor Da Área De Tecnologia: Rogério Tessari

Diretor Da Área Social E Relacionamento Com O Associado: Cesar Anderle

Diretor De Área Jurídica: Guilherme Spiller