Quando a paixão pela natureza faz recalcular a rota

Vida

Vida
standard image post

Espaço amplo, horizonte a vista, contato com a natureza, possibilidade de cultivar a própria comida, uma casa própria e espaçosa, qualidade de vida e um negócio em comum, chamado Senza Fine Ecofazenda. Esses foram os motivos pelo qual o casal Amanda e Maurício Pamplona deixaram os seus empregos em uma agência publicitária de Porto Alegre para viver no interior, em Monte Belo do Sul.


Apaixonados pelo lugar, pela casa e pelo jardim, em 2015 o sonho de morar em um sítio se concretizou. “Compramos a propriedade para passar momentos de lazer. Aos poucos fomos fazendo o mínimo para poder ficar na casa e durante alguns anos ela virou nosso lugar de fim de semana. E no início deste ano nos mudamos definitivamente para o sítio”, conta Amanda. 


A Senza Fine, surgiu da paixão pela lavanda. “Plantei para enfeitar nosso jardim e ela floresceu muito bem no lugar. Para dar destino as flores produzidas, comecei a pesquisar e testar produtos feitos com ela. Hoje temos uma loja virtual em que vendemos produtos naturais feitos de lavanda”, conta. O casal já teve um mercado virtual de orgânicos e hoje cuidam das parreiras da propriedade que moram sem nenhuma intervenção química. 


Além da loja online, o Maurício também trabalha com o estúdio de design dele, o Pamplona Studio.  Os rótulos de todos os produtos oferecidos pela Senza Fine são de criação dele. “Acreditamos que o produto natural bonito, presenteável, é uma forma de disseminar o uso de produtos do bem, inclusive para pessoas que ainda não despertaram para essa necessidade”, conta.


O que motiva o casal, é a venda dos produtos oriundos de lavanda, que sejam biodegradáveis, sem veneno, sem derivados de petróleo, que tragam os benefícios da aromaterapia. Esses produtos carregam a essência do lugar onde eles vivem e segundo Amanda espalha o bem-estar onde chega.  


 O casal abriu mão da comodidade da capital, para cultivar produtos da terra da maneira mais natural possível. 


'


“Temos dois filhos e a vida aqui é muito mais livre e rica para infância deles. Agora com a pandemia então, nunca tivemos tanta certeza que este é o nosso caminho.”


Vendemos nossos produtos online e até então fazíamos feiras na região para comercializá-los. Nosso projeto no sítio é de longo prazo, estamos aprendendo a cuidar da terra, aprendendo a produzir nossos produtos, aprendendo a viver no campo... Mas já temos muitos frutos maravilhosos, assim como a enorme sensação de paz que vivemos por aqui”, relata Amanda. 



   @senzafine_ecofazenda