Público de 253 mil pessoas, compras e festa marcam 29ª ExpoBento e 16ª Fenavinho

Negócios

Negócios
standard image post

Eventos ocorrerão de forma integrada, mais uma vez, em junho de 2020, em Bento Gonçalves

Uma feira para fazer boas compras e uma festa para brindar o vinho brasileiro. Integradas, a 29ª ExpoBento e a 16ª Fenavinho ofereceram uma programação repleta de atrativos para 253.491 visitantes durante os dias 13 a 23 de junho, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves. Esse público foi responsável por movimentar pelo menos R$ 40 milhões em negócios junto aos 478 expositores participantes desta edição (52% de Bento Gonçalves e 48% de outras localidades e Estados). Além de boas compras, o visitante apreciou, sem moderação, literalmente, o produto ícone que faz da cidade a Capital brasileira do vinho: no período, foram comercializadas 15.344 garrafas de vinhos, espumantes e sucos, o que significa mais de R$ 500 mil em venda de doses e garrafas diretamente aos visitantes.

"Nosso sentimento é de gratidão: pelos resultados alcançados com a 29ª ExpoBento e 16ª Fenavinho, pelo comprometimento dos expositores, pela adesão do público e, também, pela acolhida da comunidade, que abraçou conosco a causa da retomada da Festa Nacional do Vinho e tornou possível realizarmos uma grande feira e uma bela festa", avalia Elton Paulo Gialdi, presidente do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves, entidade promotora dos eventos.

A sensação de orgulho e de dever cumprido diante dos resultados conquistados marcaram, também, o pronunciamento de despedida do diretor geral da 29ª ExpoBento, Rogério Capoani. "Que dia especial para podermos comemorar e agradecer a todos – e foram muitos – os que contribuíram com o êxito desse grande projeto. Nossa missão frente a 29ª ExpoBento e 16ª Fenavinho vai se encerrando com o sentimento de felicidade por termos feito parte de feitos vitoriosos como este. Um novo ciclo, com pessoas novas, se iniciará – e um único e grande objetivo se manterá: trabalhar pelo bem-estar e sucesso coletivo nos negócios e nas vidas das pessoas envolvidas com todo este processo", disse.

A 30ª edição da ExpoBento e a 17ª Fenavinho estão confirmadas para ocorrer de forma integrada, mais uma vez, de 05 a 14 de junho de 2020, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves.

 

Fórmula da Fenavinho agradou

Cercado de expectativa, o tão aguardado retorno da Festa Nacional do Vinho – depois de oito anos da realização de sua última edição – agradou. Integrada à 29ª ExpoBento sob a forma de uma vila típica de 3 mil metros quadrados, com cerca de 20 vinícolas e opções de gastronomia típica italiana, a Fenavinho transformou-se em um acolhedor espaço de celebração, ideal para apreciar bons vinhos, espumantes e sucos, acompanhados por pratos saborosos e apresentações musicais contemporâneas. "Criamos um ambiente aconchegante para apresentar aos visitantes a qualidade dos vinhos, espumantes e sucos brasileiros. O resultado veio por dois indicadores muito fortes: o público, que lotou a Fenavinho, e o consumo. Estamos muito felizes com os resultados alcançados, um excelente passo de retomada rumo à consolidação definitiva dessa querida festa", disse Diego Bertolini, coordenador do Comitê da 16ª Fenavinho – ao lembrar, também, do sucesso da reinauguração do Vinho Encanado (nos dois fins de semana que antecederam a festa) e do Desfile de Carros Alegóricos, integrando distritos e comunidade ao projeto.

 

Retornos para a cidade e região

A geração de resultados decorrentes da ExpoBento e Fenavinho ultrapassa os limites do Parque de Eventos. Além dos expressivos números de negócios diretos gerados durante os 11 dias de feira e do consumo de vinhos no período, outros segmentos da economia se beneficiaram com a realização de feira e festa. O setor hoteleiro local, por exemplo, registrou taxa de 95% de ocupação no feriado prolongado de Corpus Christi. No primeiro fim de semana de ExpoBento e Fenavinho, a utilização de leitos ficou na casa dos 63%. Nos dias de semana, a ocupação foi de 45%. "A Expobento e a Fenavinho superam expectativas: a feira confirmando a diversidade multissetorial, e a Fenavinho com uma retomada em alto estilo, ambas promovendo a cidade, a cultura, o turismo, divulgando nossos produtos, gerando negócios para todos", comenta Vicente Perini, presidente do SEGH Região Uva e Vinho.

Indicadores como esse corroboram a importância do resgate e continuidade da Fenavinho. "De ânimo renovado e braços abertos, Bento Gonçalves celebra a retomada festa que deu à cidade o título de Capital Nacional do Vinho. Unida com a Expobento, a Fenavinho trouxe para os pavilhões um público orgulhoso, e empolgado em celebrar o empreendedorismo, a cultura, tradição e os nossos vinhos. Encerramos hoje um evento de sucesso, que ficará marcado na história e na memória de todos", destaca o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin.

 

Como foram a 29ª ExpoBento e a 16ª Fenavinho: números e destaques

 

Atrações nos três palcos temáticos

Com uma programação planejada para agradar todos os públicos – do sertanejo ao rock, peças teatrais a música italiana e do pop ao nativismo – os três palcos da feira e festa estiveram repletos de shows durante os onze dias. No total, foram 103 apresentações artísticas, sendo 43 no palco da Praça Gastronômica, 37 no Palco Fenavinho e 23 no Palco Variedades. Dentre elas, nove peças teatrais do Teatro Luz e Cena, uma do Grupo Tholl – umas das companhias mais renomadas do país – e outra do Teatro Kurvatunturi – o primeiro grande espetáculo em cartaz o ano inteiro em Gramado.

Também foram destaque a apresentação do cantor pop Vitor Kley, no primeiro sábado de evento – reunindo milhares de pessoas no palco da Praça Gastronômica e animando o público com hits como 'O Sol', 'Morena' e 'Adrenalizou'. No domingo, dia 16, o grande protagonista foi o nativismo – que levou ao palco principal CTGs, o cantor João Luiz Corrêa e a dupla gaudéria César Oliveira e Rogério Melo. A música gaúcha também ganhou evidência na quinta-feira, dia 20, com o grupo Rock de Galpão. Duplas sertanejas, como Eder e Emerson e Lucas e Felipe, além do comediante Cris Pereira e do cover Star Beetles, também fizeram a alegria dos espectadores.

 

'ExpoBento na Mesa' e degustações na Fenavinho são sucesso

As 16 oficinas gastronômicas do espaço 'ExpoBento na Mesa' foram sucesso de público. Com aulas cheias, temas como 'A Pungência do Texana e a pluralidade Rio-grandense', 'Uma viagem pela diversidade sensorial da gastronomia', 'Sabores das Índias: vivenciando uma cultura', 'Sabores da Infância: doces da vovó', 'Nona Thai: uma fusão entre a Itália e Tailândia', 'Os Clássicos na Mesa: um encontro de aromas', 'Cozinhando à 4 Mãos: um momento em família', 'Do Pampa para o Mundo: um intercâmbio de sabores' e 'Conhecendo os Sabores da Argentina' exploraram um verdadeiro festival de gastronomia que deram ênfase em experiências, despertando os cinco sentidos dos apreciadores – visão, olfato, paladar, audição e tato.

Já na Fenavinho, foram 17 aulas – entre degustações guiadas e masterclasses – com vinhos, espumantes e sucos de uva das vinícolas expositoras da festa. Todas de forma gratuita, os encontros possibilitaram, tanto para leigos quanto para enófilos, a festa ofereceu aos visitantes cursos diários. No espaço, também foi possível adquirir a taça de cristal oficial do evento pelo valor de R$ 15 – com o atrativo de receber uma dose de vinho grátis.

 

Desfiles transformaram ExpoBento em reduto fashion

Na Passarela da Moda, foram 12 desfiles sob a curadoria da produtora de moda India Antunes – reunindo cerca de 20 modelos e quase 70 lojas participantes – além do desfile beneficente realizado pelo Lions Clube Cidade do Vinho, que homenageou, também, presidentes e soberanas das edições anteriores da Festa Nacional do Vinho, e reuniu aproximadamente 25 modelos de forma voluntária. No espaço ocorreu, ainda, a ExpoPet – com o desfile de cães e gatos com seus donos e show de agility com a escola de adestramento Cão C4.

 

Mundo do Agronegócio valoriza produção interiorana

No espaço voltado à agroindústria familiar, os apreciadores dos produtos coloniais puderam aproveitar – e se deliciar – com as iguarias oferecidas por 38 empreendimentos oriundos de 24 municípios de todo o Estado – sendo a maioria deles da Serra gaúcha. Delícias como cucas, pães, queijos, salames, chimias, capeletti e licores – além de artesanatos em palha e couro – ofereceram aos visitantes da maior feira multissetorial do país muitos itens representativos da produção interiorana.

Por meio do Programa Estadual de Agroindústria Familiar (Peaf) – uma política pública do Governo do Estado, via Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), que disponibilizou uma verba de R$ 100 mil para o custeio do espaço – os expositores viabilizaram a participação na ExpoBento sem custos – e com muitos motivos para comemorar o movimento da feira deste ano, já que estimou-se um aumento geral de 50% nas vendas deste ano.

Exemplo disso é a Casa da Serra – há mais de 15 anos expondo na feira. Com sede no Caminhos de Pedra, importante rota turística de Bento Gonçalves, o empreendimento ofertou aos visitantes doces caramelizados, geleias – com destaque para a linha diet – e outro itens produzidos de forma familiar. "Aposto há mais de uma década na feira porque sempre temos retorno. Como trabalhamos também com o turismo, percebo como a ExpoBento movimenta e prospecta a marca. Este ano, de forma especial pelo retorno da Fenavinho, aumentamos a comercialização em comparação a 2018", relata a proprietária, Marjane Dall'Onder Detoni. Segundo levantamento da movimentação, foram mais de 60% de aumento nas vendas em relação a 2018.

 

Farta gastronomia

As opções gastronômicas dentro dos pavilhões foram uma das principais marcas da feira e festa: 32 estabelecimentos no espaço culinário da ExpoBento e 28 atrações – entre vinícolas e estandes de gastronomia – comercializavam os mais variados itens: pizzas, panquecas, lanches, doces, tábua de frios, pão colonial – além de vinhos, espumantes, sucos. No espaço da Fenavinho, quem também celebra o aumento de vendas é a Forno a Lenha, da agroindústria familiar Doces Dall'Oglio. Com dois estandes – um no espaço da festa e outro na Praça Variedades – a empresa utilizou mais de 3.500 kg de farinha para a produção de pães, bolos e biscoitos comercializados na feira. O grande destaque foram os pães coloniais feitos nos fornos instalados na própria ExpoBento – no total, mais de 2.700 itens foram comercializados, superando os números da última edição. "Participamos da ExpoBento há 10 anos. Já temos clientes que vem para a feita justamente para comprar esses pães, então é sempre uma aposta certeira", comenta Vinícius Dall'Oglio, proprietário da agroindústria.

 

Feira movimenta milhões em negócios

Os mais de 30 mil itens comercializados durante os onze dias da maior feira multissetorial do país superaram a expectativa de movimentar R$ 40 milhões em negócios. Corredores cheios foi sinônimo de bons frutos para os expositores da 29ª ExpoBento. Fazendo jus aos mundos temáticos desta edição, os setores da indústria, comércio, serviços, imóveis, automotivo, vinícola, gastronômico e de variedades puderam celebrar o público expressivo revertido em vendas.

A Ótica Debianchi, de Bento Gonçalves, comemora o crescimento de vendas nesta edição – e reforça um dos melhores anos para a feira, já que participam anualmente da ExpoBento. "Apesar de finalizarmos o balanço de negócios somente no pós-evento, já podemos afirmar que superamos a movimentação do ano passado de forma bem significativa", destaca a gerente financeira da loja, Iara Lazzarini.

O Grupo Top Car, pela primeira vez no evento, também celebrou a prospecção da marca e finalização de alguns negócios – com os 'itens' mais caros comercializados na feira: um Audi Q5 e uma Land Rover Dicovery Sport, ambos no valor de R$ 280 mil.