Hygge Decor e seus principais materiais | por Margit Arnold Fensterseifer

Casa

Casa
standard image post

Muito mais do que somente uma tendência de decoração, a Hygge Decor - palavra Dinamarquesa que traduzida significa diversão- traz a ideia de conforto, aconchego e uma composição livre de tons pastéis. O interessante deste estilo é que a identidade do morador ou usuário é privilegiada, onde são utilizados objetos decorativos que tenham significado e importância no decorrer da vida deste.

Nesta ambientação que chega com força nos locais onde o friozinho faz parte do dia a dia, os tons quentes predominam em pequenos detalhes que aparece a madeira e as peles naturais, os tecidos de algodão e uma iluminação de predomínio quente. No entanto, dando preferência sempre a iluminação natural, com grandes vãos de vidro para a entrada dos raios solares.

A madeira natural precisa ser utilizada com muito cuidado, pois carrega muito os ambientes e seguindo esta tendência deve-se usar toques deste nobre material. Como este estilo vem dos países frios onde a madeira clara é abundante (pinus e bétula), os detalhes não costumam carregar os ambientes. A madeira já foi tanto imitada nos painéis decorativos, nos porcelanatos, nos papéis de parede e outros, mas não é superada por estes, pois o toque, a textura e até (em alguns casos) o aroma são inigualáveis.  Possuir uma cristaleira de antiquário, uma mesa lateral ou até mesmo um detalhe como os pés de estofados já sofisticam o local. 

As peles naturais principalmente os pelegos de lã de ovelha são utilizados em bares e restaurantes durante o inverno há vários anos. Este pelego entra de forma definitiva nas casas devido ao calor e aconchego que proporciona. Por isso, estes ambientes precisam ser versáteis possibilitando serem adaptados a nossas quatro estações. Complementando as peles, ainda em alta os couros naturais de bovinos com sua forma natural ou mesmo em um trabalho de pequenos quadrados de cores diversas, presentes no material in natura. 

A iluminação desses ambientes de aconchego precisa ser quente, mas acredita-se que seja muito importante possuir várias possibilidades e intensidades de luz. A entrada de luz natural e em especial do sol (principalmente nos dias frios) é condição primordial de conforto e saúde do espaço. No entanto, é importante que a esquadria possua alta qualidade de vedação para que permita a entrada dos raios solares, mas não a entrada do ar frio dos dias de inverno. Esta vedação é proporcionada pela ótima instalação - vedando o encontro da parede com a alvenaria -  e também a junção da esquadria com a soleira. Mas o vidro também precisa ser duplo de preferência, no entanto o vidro laminado também possibilita um bom conforto e isolamento. Fica a sugestão de trocar o vidro de sua esquadria por um laminado que na maioria dos casos é possível.

Adotar ou aproximar-se deste estilo Hygge Decor é uma opção de gosto e estilo, no entanto valoriza o conforto e a identidade do usuário. Vale refletir!



margitarnoldf@gmail.com