2020 um ano de oportunidades diferentes! por Iara Cristina Bussolotto

Negócios

Negócios
standard image post

Creio que falar das lições de 2020, o chamado Ano Gêmeo, em que muitas previsões maravilhosas foram feitas, é relativamente fácil, especialmente se você sobreviveu a ele sem sequelas ou perdas. Se enxergarmos o copo meio cheio entenderemos como o ano foi desafiador e com novos aprendizados, sobre nós mesmos, e sobre a vida como um todo.

Minha coluna fala de negócios e finanças, sendo assim gostaria de elencar alguns aprendizados que acredito que a maioria das pessoas tenha percebido, durante este ano.


Culinária 

Pela necessidade de estar em casa e porque o delivery todo dia é caro, encontramos prazer em cozinhar, especialmente porque estava ali toda família junta para apreciar. Encontramos velhas receitas da avó nos cadernos e livros, há tempos guardados. Já os mais antenados usaram a internet e aprenderam muito sobre alimentação saudável e receitas incríveis!

Viagens

Aprendemos que viajar é maravilhoso e sentimos falta disso, mas também é possível viajar sem sair de casa, através de boas leituras, filmes ou documentários, onde podemos conhecer lugares em detalhes de suas culturas, geografias e culinárias. Outra maneira de viajar é reviver experiências de viagens, revendo álbuns e revisitando lugares e momentos maravilhosos ou situações ruins, que se tornam as lembranças mais engraçadas, além de revermos pessoas nas fotos, que talvez, não vemos faz um tempo ou nem estejam mais neste plano. 

Consumo 

Definitivamente entendemos que precisamos de muito menos pra viver, na verdade os 2 luxos da vida são: ter saúde e estar com quem amamos, e não, isto não é uma apologia ao não consumo, apenas uma reflexão de que podemos consumir menos e ser felizes do mesmo jeito, releiam as edições anteriores deste jornal, falo de minimalismo e economia colaborativa, um leve despertar para o consumo consciente.

Reserva de Emergência 

Quem ainda não sabia para que servia, neste ano entendeu. Para quem tinha um $ guardado passou dias menos ansiosos, claro que não sem preocupação, mas certamente sem desespero... Reserva de Emergência devia vir como prescrição médica. 

Nunca foi tão adequada a 
frase de Nietzsche: 
“O que não mata, fortalece!“ 


Estes são alguns dos aprendizados que tivemos, e quem não aprendeu nada de economia neste ano, desperdiçou uma grande oportunidade de evolução financeira e de exercício da criatividade! 


Que venha 2021 pois estamos fortes para recebê-lo e vive-lo plenamente, sabendo que a vida é passageira e que dela não levamos nada, sequer escolhemos a roupa para esta viagem... o que importa mesmo é o legado que deixamos aos familiares, amigos e a este planeta!

Todo 
meu carinho,     
iara@viziaoptica.com.br
Consultora de Varejo