Expectativa 2021 | por Melissa Poletto

Negócios

Negócios
standard image post

A expectativa para 2021 está tão alta, que já sinto o cheiro de frustração no ar. Sem querer dar um banho de água fria, mas já dando, aviso que meu primeiro texto é dedicado às expectativas. Sim, é compreensível que elas sejam altas. Geralmente, a virada do ano demonstra uma renovação das energias, uma recarregada nas baterias e uma listinha de promessas. Eu, particularmente, não fiz nada disso neste ano e logo explicarei o porquê.

Além da representatividade que um novo ano sempre tem, desta vez ainda estávamos querendo nos livrar do ano desafiador de 2020. Porém, sinto informar que aqueles desafios irão se manter, sem previsão de nos livrarmos de nada. Claro que o ano de 2020 exigiu adaptações que não imaginávamos que seríamos obrigados a fazer, como o uso de máscara e álcool gel, o distanciamento social e familiar, em alguns casos. Certamente, 2020 não traz boas recordações, porém, devido a tudo isso, temos que ter cautela sobre as listas” de planos, lê-se expectativas, para 2021.

Como já havia escrito no texto de encerramento de 2020, eu estou praticando o deixar vir como tem que vir. Isso não quer dizer que estou só na marola da maré ou como a música"deixa a vida me levar". Nada disso, muito pelo contrário. Tenho plena certeza que a constância traz grandes resultados. Não são metas gigantes, nem expectativas altas, e, sim, constância. Executar rápido, para errar rápido e alinhar rápido. Exatamente por isso minha abordagem para 2021 é essaprototipação. Cria, testa, erra e ajusta. Depois recomeça. Claro que esses são os planos na vida profissional, já na vida pessoal, a pegada é um pouco distinta.

Na vida pessoal, meu lema vai ser papo reto. Este ano, eu completo 44 anos, e como eu pretendo chegar aos 80 anos, pelo menos, posso afirmar que já passei dos meus 50% de expectativa de vida. E isso, caros leitores, já dá um bocado de assunto em uma roda de conversa (pode ser virtual). Aliás, se quiserem conversar, me mandem direct no instagram (@melissapoletto). Seus desejos são uma ordem.

Sabe, estou com aquela sensação de viver intensamente, de viver de verdade, como se eu não tivesse vivido já. Sei lá, 2020 me trouxe um senso de urgência que eu não tinha antes, por isso o papo reto”. Pretendo ser direta nos meus desejos, nas minhas emoções, nas minhas amizades, nos meus relacionamentos, nas minhas mentorias. Porque as palavras têm força, e a interpretação mais ainda.

Minhas expectativas para 2021 estão rodeadas da minha responsabilidade. Só daquilo que eu posso fazer por mim, sem esperar do outro. Muitos podem pensar que esta é uma visão egoísta ou até mesma arrogante, porém eu vejo como uma visão de não jogar para outra pessoa a responsabilidade pela minha felicidade. Que eu saiba me expressar de forma que as outras pessoas me compreendam e que eu saiba pedir e oferecer ajuda. Esta é minha busca.

Para 2021, eu quero viver a rotina degustando as coisas mais simples, tanto o cuidar do meu lar, dos meus filhos quanto regar as minhas plantas. Eu não espero nada mirabolante, apenas que eu consiga viver com as expectativas baixas e com a constância alta.

Queridos leitores: desejo um 2021 repleto de verdade, leveza e constância. Beijo no coração de vocês.