As novas páginas de Bento escritas por Diogo e Amarildo

Negócios

Negócios
standard image post

Planejamento estratégico de ações e diálogo com a população são os diferenciais adotados pelo atual prefeito de Bento Gonçalves Diogo Segabinazzi Siqueira e o vice-prefeito Amarildo Lucatelli. Norteados por dois pontos fortes da personalidade de ambos, buscam adotar uma linha inovadora de gestão, com processo eletrônico 100% online, onde as secretarias se comuniquem com dinamismo e praticidade. 

Com um perfil pragmático, Siqueira enfatiza que é necessário aprender com o que já vem dando certo e ter coragem para adotar medidas diferentes naquelas áreas que precisam melhorar. Essa é a visão da nova prefeitura. “Primeira situação é reorganizar a prefeitura internamente, para avançar mais. Temos que ser exemplo, com um sistema único, por exemplo. Precisamos de um processo eletrônico online eficiente, que envolva todas as áreas. Nesse processo, as secretarias precisam se comunicar para otimizar os atendimentos e as soluções das demandas, assim como um portal que seja intuitivo, para que o cidadão também consiga acompanhar o trabalho que estamos fazendo”, afirma Siqueira. A ideia é uma implementação no primeiro ano de governo, para que consiga avançar com mais agilidade.


Viver a cidade


Será lançado um calendário de grandes obras, em breve, e para isso, os representantes estão circulando pelos bairros da cidade ouvindo a população sobre necessidades e promovendo o diálogo sobre novos projetos da prefeitura. “Para que a gente consiga ser mais assertivo nas obras que queremos executar, precisamos ouvir aqueles que vivem o dia a dia dos bairros, saber das necessidades diárias deles, só assim conheceremos pontos importantes que podemos estudar para que nossas obras sejam realmente úteis para os moradores”, comenta Lucatelli. 

Cada realidade é única, as prioridades mudam e a administração precisa ter sensibilidade para entender as carências apresentadas, visando o que é bom para a cidade a longo prazo. “Nosso planejamento estratégico é para mapear a ordem das demandas, sem pensar no resultado imediato. Penso que é necessário esforços iniciais, mas que no final resultarão em melhorias significativas para Bento”, relata Siqueira. 


Legados de governo


Austeridade, responsabilidade fiscal e comprometimento com a prefeitura. Essas foram as principais linhas adotadas pelo governo anterior, liderado por Guilherme Pasin e Aido Bertuol, que serão levadas como legado no atual governo, afirma o vice-prefeito eleito. “Iremos cobrar muita seriedade, honestidade e responsabilidade com todas as pastas em nosso mandato, temos esse compromisso não só com os nossos eleitores, mas conosco também”, afirma Lucatelli. 

É uma continuidade, mas com um novo governo, relata o atual prefeito. “O perfil do Pasin era de muita energia e muitas obras, mas não conseguíamos informar toda a população sobre elas. A gente segue fazendo um número grande de obras, mas focaremos nas maiores, por exemplo, as estradas do interior, pra melhorar a agricultura na época da safra da Uva e os mutirões nos bairros também. A população precisa entender que existem algumas prioridades, toda semana temos o levantamento e o engajamento com os secretários para que a comunicação seja linear”, explica o prefeito. 


Um passo adiante 

com a vacinação


A luta contra o Coronavírus será encarada com seriedade, prevenção e finalmente vacinação no governo atual. “Recebemos algumas levas de vacina e possivelmente receberemos mais, conforme o protocolo pré- definido pelo Governo Federal. A vacinação começou pelos profissionais da saúde, os idosos e indígenas, não temos como definir prazo para vacinar toda a população, porque depende da distribuição dessas doses. O Brasil adotou uma estratégia de comprar de vários laboratórios, e isso acaba sendo bom pra gente, porque receberemos mais doses”, conta Siqueira. Ele também afirma que as normas de prevenção devem continuar, pois mesmo com a vacina, a pandemia é uma incerteza em diversos aspectos de transmissão. 


BR-470 como 

perimetral de Bento


Em questão de logística, o prefeito relata que a BR-470 se torna uma perimetral de Bento e precisa ser aproveitada melhor. “A duplicação vem a calhar nesse sentido, beneficiando toda a região da Serra Gaúcha. O vice-prefeito Amarildo já está à frente disso com o Secretário de Governo, Henrique Nuncio, e em contado com as esferas estudais e federais. É uma prioridade para o crescimento da região”, destaca Siqueira. 


Novas formas de aprender


A evolução e aprendizados deste ano foram muitos. Na educação não foi diferente, foi preciso reinventar. “Descobrimos novas formas de educar, evoluímos rápido, em pouco tempo. Esse ano será um ano híbrido e precisamos aproveitar o que tivemos em avanços, como o uso da tecnologia. Talvez teríamos demorado 10 anos para evoluir o que evoluímos em três meses em termos de barreiras como pais, alunos, professores e aulas online. Não podemos abandonar o físico, mas podemos potencializar com a tecnologia”, conta o prefeito.  


Destino turístico regional


O turismo interno cresceu muito com a pandemia, empresários apostaram em atrativos novos para se adequar ao momento e muitas coisas foram despertadas nesse sentido. “Acredito que nos últimos 12 anos o turismo teve uma linha ascendente, pela soma de Poder Público e empreendedores”, explica. O prefeito também ressalta que o setor não pode ser visto como um destino turístico único, é preciso ter um olhar atento para o turismo regional.


Foto: Diego Frigo