CIC-BG irá propor nova fase de trabalho contra a pandemia para o grupo Unidos por Bento

Negócios

Negócios
standard image post


 

Presidente da entidade, Rogério Capoani, capitaneia movimento apoiado por diversas entidades representativas do município e compartilha texto convocando a coletividade para enfrentar fase aguda da doença que, há um ano, assola sociedade

 

Na data em que a pandemia do coronavírus completa um ano, o Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG) inicia a proposição de um novo esforço coletivo da sociedade, por meio do grupo Unidos por Bento, para enfrentar esse que está sendo considerado o pior momento no enfrentamento da covid no país.

Como ocorreu no ano passado, o movimento de diversas entidades com o compromisso de criar um movimento para arrecadar recursos na construção de 40 leitos hospitalares na UPA, liderado pelo CIC-BG, exerce, novamente, seu papel atuante ao propor um mutirão com entidades, iniciativa privada, poder público, profissionais da saúde e comunidade em geral para amenizar a crítica situação atual por meio da solidariedade.

A ideia, como diz o presidente do CIC-BG, Rogério Capoani, é elaborar um plano de ação imediata, com auxílio de médicos dispostos a integrar a equipe, para a possível construção de estruturas provisórias, compra de equipamentos que se fazem necessário nos hospitais da cidade, de testes rápidos de covid, insumos para diagnóstico e tratamento imediatos, e até da aquisição de vacinas, possibilidade essa que está surgindo e sendo discutida no país, além de outras ações.

Para tanto, Capoani escreveu um texto, cujo conteúdo na íntegra pode ser lido abaixo, no qual discorre sobre o heroísmo dos profissionais da saúde que salvam vidas e dos trabalhadores que se expõem para buscar seu sustento. "Nós todos estamos exatamente do mesmo lado neste campo de batalha", escreveu o dirigente do CIC-BG. É com esse entendimento de que todos estão enfrentando o mesmo problema que ele está convocando o grupo Unidos por Bento a se unir novamente para agir agora a fim de modificar o amanhã. "A exemplo do que construímos e fizemos juntos em março de 2020, seremos convocados a fazer a diferença novamente em março de 2021. Nesse projeto, também a união com o poder executivo e legislativo será fundamental".

A iniciativa é tida como uma nova fase de atuação do organismo Unidos por Bento, como ficou conhecido o grupo de voluntários capitaneado pelo CIC-BG que arrecadou no ano passado R$ 762 mil para o enfrentamento da doença. Essa verba, oriunda de entidades, empresas e pessoas físicas, financiou a construção dos leitos na UPA e operacionalizou uma série de outras ações, como aquisição de testes para covid-19 e de EPIs, pelo Comitê de Atenção ao Coronavírus, e utilização de recursos em necessidades prioritárias de saúde elencadas pelo Hospital Tacchini. O repasse para essas organizações somaram R$ 350 mil.

E é novamente com a união de todos esses atores sociais, por meio de trabalho voluntário e esforço para arrecadar recursos, que o CIC-BG pretende encarar o momento mais agudo da pandemia. "Juntos, faremos a diferença. Unidos por Bento, golpe final no coronavírus", escreveu Capoani em seu texto. Leia na íntegra:

 

 

Unidos por Bento, por Rogério Capoani

 

Sei que ninguém queria estar aonde chegamos após 12 meses do nosso primeiro contato frente a esta verdadeira guerra sanitária denominada COVID 19. Tampouco é motivo de orgulho vermos atualmente a estrutura do andar inteiro do hospital público que construímos juntos estar chegando na sua plenitude de utilização dos 40 leitos, com pacientes acometidos pelo coronavírus, comprovando assim a nossa efetiva e decisiva participação em prol da nossa comunidade.

Vivemos dias de alta tensão, medo e extrema preocupação quando vivenciamos os profissionais de saúde da linha de frente colocando suas próprias vidas em risco constantemente neste confronto desigual e desumano imposto por um vírus incialmente desconhecido e que ainda não se tem ou ao menos se debate de forma até acirrada, sobre este ou aquele procedimento/tratamento para combatê-lo. Que a vacinação seja rápida e abrangente. São heróis estes profissionais de todas as áreas da saúde? No mínimo.

Do mesmo modo e não como a informação massiva, injusta, desleal e destrutiva jogada aos 4 ventos durante 365 dias consecutivos tem feito, estamos todos nós. Nós somos as pessoas, os seres humanos de posições e condições distintas uns dos outros, cada qual com suas limitações financeira, educacional/cultural e, por consequência, psicológica, fatores que nos fizeram ao longo deste interminável período percorrer o caminho que foi possível para cada um. Muitos até ficaram para trás, alguns estão se exaurindo gradativamente e outros continuam transcendendo suas barreiras e dificuldades conforme suas próprias realidades.

Este universo de pessoas que também colocam suas vidas em risco diariamente para levar seu alimento para casa e manter suas famílias, para buscar forças e condições de manter seus negócios e assim preservar o emprego e sustento de muitos, para poder se quer ao menos dar condições dignas a si e aos seus entes queridos, tal como uma oportunidade de escola para seus filhos e, por consequência, um desenvolvimento para uma sociedade melhor e mais humana no futuro também são heróis? No mínimo.

Pois bem, nós todos estamos exatamente do mesmo lado neste campo de batalha. E se tem virtudes que são intrínsecas das pessoas do bem estas são evidenciadas na coragem, determinação, criatividade, união e na ação. A exemplo do que construímos e fizemos juntos em março de 2020, seremos convocados a fazer a diferença novamente em março de 2021. Juntos, faremos a diferença. Unidos por Bento, golpe final no corona. Liberdade, dignidade, saúde, trabalho.

 

 

 

Viviane Somacal
Exata Comunicação e Eventos

Av. Planalto, esquina com a Rua Dr. Carlos Flores, 625
Bento Gonçalves | RS
54 3055.2225 | 54 99972.1940
www.exatacomunica.com.br